Publicidade

Forças Armadas vão apoiar Tribunal Superior Eleitoral na segurança das eleições

Tropas também apoiarão logística de distribuição das urnas





Forças Armadas vão apoiar Tribunal Superior Eleitoral na segurança das eleições

Por:Jornal NC - Publicado em 22/09/2022

O Ministério da Defesa informou que vai apoiar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o envio de tropas para garantir a logística de distribuição das urnas e a segurança das eleições. O primeiro turno será realizado no dia 2 de outubro.

O trabalho será realizado por meio do acionamento dos comandos militares do Norte, Nordeste, Oeste, Leste, Planalto e da Amazônia.

O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) e Comando de Defesa Cibernética (COMDCIBER) também vão participar da operação. O presidente do tribunal, ministro Alexandre de Moraes, atendeu ao pedido de tribunais regionais eleitorais e autorizou o envio de militares das Forças Armadas para reforçar a segurança do pleito em 568 localidades de 11 estados. A medida foi referendada, por unanimidade, pelo plenário do TSE em sessão de hoje à noite.

Veja Também: Ministério da Cidadania vai revisar o cadastro do Auxílio Brasil

Tropas
De acordo com a pasta, militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica vão garantir a segurança de zonas eleitorais e auxiliar na logística de distribuição das urnas eletrônicas e do transporte de pessoal para comunidades localizadas em áreas rurais, indígenas e ribeirinhas. As forças devem atuar em 167 localidades do estado do Rio de Janeiro, conforme solicitação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). Já o Maranhão solicitou apoio em 97 localidades.

Também serão enviadas forças de segurança para o Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Piauí e Tocantins. Entre as solicitações dos TREs destes estados estão apoio logístico, inclusive em terras indígenas. A decisão será encaminhada ao Ministério da Defesa, órgão que será responsável pela logística de distribuição das tropas.

O envio de tropas federais ocorre quando um município informa à Justiça Eleitoral que não tem capacidade de garantir a normalidade do pleito com o efetivo policial local. Nas eleições de 2018, 513 localidades de 11 estados contaram com a presença de militares durante o pleito.

Em agosto, o decreto presidencial 11.172 autorizou o emprego da Forças Armadas para garantia da votação e da apuração das eleições. *Matéria atualizada às 19h58, para acréscimo de informações sobre a decisão do plenário do TSE tomada na noite de hoje, e às 20h38 para atualização do número de localidades que receberão os militares.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade

Mais Notícias


  • Cidades
  • Natal Encantado de 2022 de Barueri terá superatrações como Titãs, Fundo de Quintal e Almir Sater
  • Natal Encantado de 2022 de Barueri é organizado pela Secretaria de Cultura e Turismo (Secult)

  • Publicado em 08/12/2022

  • Internacional
  • Biden estreia fábrica de Semicondutores para reduzir dependência chinesa
  • TSMC anunciou que irá construir uma segunda fábrica em Phoenix até 2026, elevando seu investimento no Arizona de US$ 12 bilhões para US$ 40 bilhões

  • Publicado em 08/12/2022

  • Especiais, Política
  • A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprova PEC da Transição
  • Texto aprovado pela CCJ do Senado reduziu de R$ 198 bilhões para R$ 168,9 bi o montante além do teto de gastos que limita as despesas do novo governo

  • Publicado em 08/12/2022

  • Cidades
  • Barueri celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
  • A programação contará com oficinas de artesanato para o Natal, aulas de dança, partida de futsal e muito mais

  • Publicado em 01/12/2022


Publicidade

Contato




Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.



Publicidade

©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados